segunda-feira, 6 de abril de 2009

mexe com quem tá quieto...viu

fora de controle? eu? quando? por que? agora ou amanhã? inveja de que? trabalho de quem? certo ou errada? éééé´...são milhões de questionamentos, mas aee ... isso não me para e me faz querer saber qual o seu problema...se é de cabeça, se é genético, se é problemática assim mesmo ou está de onda?...este será apenas mais um desafio....e saibas que enfrentarei de cabeça erguida e pronta p/ o combate( necessário)...são tantas conversar e desconversas que ...cansei....agora será do meu jeito... conversar, ignorar, atravessar, driblar?...no way...agora é na ignorância mesmo.
Pessoas vermes que não respeitam valores(não digo apenas do meu...falo dos seus mesmo), pessoas que mete a facada e ainda tem a capacidade de sorrir p/ ti....ahhh isso é imperdoável e incoerente...portanto agora faço questão de te desbancar e provar a ti mesma o quanto essas trapaças só fazem mal a quem as inventa...ou seja vc...oreiiiaaa !
pego a sua inveja, ajusto em mais uma de minhas munições (porradas da vida) e ao retorno...ela explodirá como granada no terreno em que tu pisas...
sou abençoada e tenho um fortíssimo aliado(god) portanto...aqui não acharás espaço...e voltará pesado e em dobro...aguentas?

2 comentários:

  1. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
  2. Parei na viagem de rumo e estrelas
    Sentei-me à beira de uma lagoa sussurrante
    Um Milhafre fitou-me zombeteiro
    Hesitei na procura do adiante

    Na ilha há sempre uma criatura em vigília
    Há sempre um feiticeiro vento
    Há sempre uma flor que a alma seduz
    Há sempre no acontece um mágico momento




    Doce beijo

    ResponderExcluir